Ortodontia

O que é?

A ortodontia é uma especialidade da odontologia que objetiva a prevenção e tratamento de problemas relacionados ao crescimento da face, das relações oclusais entre os arcos dentários, do correto posicionamento dentário nos mesmos, a fim de obter função correta da articulação temporomandibular (ATM) e de todo o sistema neuromuscular envolvido.

Tratamentos realizados

Os tratamentos realizados na ortodontia estão divididos em preventivo, interceptativo e corretivo.

Na ortodontia preventiva busca-se acompanhar o desenvolvimento do sistema estomatognático do paciente desde a infância, observando hábitos que possam ser deletérios a formação das arcadas.

Na ortodontia interceptativa, o ortodontista terá de atuar para remover problemas já instalados que possam causar distúrbios na formação das arcadas, fazendo uso de aparelhos específicos móveis ou fixos, isso se dá normalmente antes e/ou durante a troca dentárias.

Na ortodontia corretiva, o tratamento se dará com o objetivo de corrigir a má oclusão já instalada, ou seja, um dente mal posicionado, apinhamentos, mordida aberta, mordida cruzada, diferenças de crescimento das arcadas, estética e outros.

Para isso existem diversos tipos de aparelhos fixos e móveis, que podem ser metálicos, estéticos, transparentes e os alinhadores ortodônticos.

Tipos de aparelhos ortodônticos

Aparelhos estéticos

Aparelhos metálicos

Aparelhos móveis

Alinhadores dentários

Perguntas frequentes

1. Em que momento é indicado o tratamento ortodôntico?

O tratamento é indicado quando um posicionamento dentário estiver inadequado, um problema estético que envolva o alinhamento dentário, uma discrepância entre os maxilares, ou seja, quando constatado uma má oclusão, um desconforto na mastigação ou na fala. Para o tratamento ser mais efetivo é importante uma avaliação de um cirurgião dentista para que se inicie o mais cedo possível a correção.

2. O tratamento ortodôntico pode ser feito em qualquer idade?

A idade não é impedimento para se tratar e sim a saúde periodontal. Para todas as idades existem tratamentos e indicações específicas. Claro que na fase de crescimento é o ideal para isso. Mas na fase adulta também podemos realizar movimentações dentárias complexas.

3. Quanto tempo leva o tratamento ortodôntico?

Pergunta realmente difícil de responder, pois depende de vários fatores e da complexidade de cada caso. Existem tratamentos que necessitam de fases ou momentos de intervenções devido ao paciente estar em crescimento, trocas dentárias, procedimentos cirúrgicos e outros motivos que podem prolongar esse tempo. Mas, sim, é possível prever um tempo estimado para cada caso.

4. Tratamento ortodôntico dói?

Quanto a questão “dor”, o ortodontista costuma dizer que terá um certo desconforto. Claro que é um procedimento onde envolve forças mecânicas para que a movimentação ocorra e, isso vai gerar um nível de dor ou desconforto. Mas é algo tolerável, que nos aparelhos mais atuais, com uma técnica bem executada, isso fica quase imperceptível.

5. Qual tipo de aparelho é o melhor?

Existe realmente uma variedade muito grande de aparelhos ortodônticos e isso gera dúvidas. Mas devemos sempre respeitar a finalidade do tratamento e a indicação do ortodontista que vai executar. Os aparelhos fixos metálicos ou estéticos pouco diferem em qualidade e os aparelhos móveis têm suas indicações específicas. Já os alinhadores, existe muita tecnologia aplicada e isso deve ser levado em consideração.

6. O aparelho ortodôntico pode causar cárie ou doença gengival?

O aparelho ou as peças não causam cárie ou problemas gengivais quando corretamente instaladas. Mas se não forem corretamente higienizadas podem sim favorecer o aparecimento de problemas gengivais, manchas e até cáries. Por isso, há necessidade de seguir as orientações de higienização, uso das escovas indicadas, a técnica correta para uso delas e não faltar as consultas regulares.

Sobre nós

Nosso corpo clínico é composto por renomados mestres e especialistas em várias áreas da Odontologia, onde a missão é aliar o conhecimento, experiência, ética e alta tecnologia em benefícios aos nossos clientes. Entendemos que todo tratamento apresenta necessidades básicas como manutenção da saúde, função mastigatória e estética do sorriso em harmonização com a face, o que eleva a autoestima e melhora a qualidade de vida, buscando desta forma encantar cada paciente.

Agende uma avaliação